English English Portuguese Portuguese Spanish Spanish
Acesso à informação | Acessibilidade

Símbolos

Compartilhe este conteúdo

O Brasão e a Bandeira Municipal de Caratinga foram criados oficialmente em 1º de maio de 1977, pelo decreto lei n° 975/77, no governo do prefeito João da Costa Mafra (João do Tino).

Os desenhos originais são de autoria do desenhista e funcionário público Célio Hott, vencedor de concurso promovido para escolher o Brasão e a Bandeira de Caratinga.

Brasão de Caratinga

De acordo com Célio Hott, o Brasão é de origem portuguesa, contendo quatro símbolos que remetem à cidade: o gado, representando o gado leiteiro; o livro, que remete à Educação; a Pedra Itaúna e as Palmeiras, que representam características geográficas marcantes de Caratinga.

 

 

 

 

A Bandeira possui as cores azul, vermelho, verde e amarelo. Segundo Célio, “o azul representa o céu; o vermelho, a terra e o solo fértil de Caratinga; o verde remete à vegetação, uma vez que estamos localizado na Zona da Mata; e o amarelo, que remete o triângulo, representando Minas Gerais e sua riqueza aurífera. Além de termos representados também na bandeira o gado, o café , o livro, as palmeiras e a Itaúna”.