English English Portuguese Portuguese Spanish Spanish
Acesso à informação | Acessibilidade

Mudanças no cardápio da merenda escolar

Mudanças no cardápio da merenda escolar

Publicado por Pablo Gonçalves, 02/07/2019
Compartilhe esta notícia

Mudanças no cardápio da merenda escolar

Nesta segunda-feira (01), o Departamento de Comunicação (DECOM) da Prefeitura de Caratinga entrevistou Mariana Corrêa, que há 6 anos é Nutricionista da Secretaria de Educação e responsável pelo cardápio da merenda escolar na rede de ensino municipal. A nutricionista respondeu algumas perguntas. Confira!

Mariana conta pra gente sobre a importância de um cardápio balanceado, como que funciona isso. Vocês que fazem a montagem?

“Hoje em dia a gente já sabe que uma alimentação escolar saudável não está relacionada só com saciar a fome. Ela também está relacionada com a saúde das crianças e principalmente com o cognitivo, com a capacidade que elas têm de aprender, de se concentrarem, então é muito importante que a alimentação escolar seja bem balanceada. Para isso, o Programa Nacional de Alimentação Escola r(PNAE) determina que os cardápios sejam balanceados e que sejam feitos por um profissional da nutrição. Por causa disso, nós temos esses cálculos que são feitos pelas nutricionistas para que o cardápio seja bem montado e para que atenda as necessidades nutricionais dessas crianças de várias idades”.

Estando aqui há seis anos Mariana, quais as mudanças você percebeu no setor nos últimos dois anos?

“O cardápio passou por várias mudanças, e mudanças muito positivas. Uma delas foi o aumento da variedade de vegetais, variedades de frutas. Então o hortifruti foi complementado, o que trouxe muitas vitaminas, muitos nutrientes diferentes. Tivemos também um grande aumento das variedades das proteínas. Hoje nós contamos com carne suína, tilápia, que é uma proteína muito nobre, um aumento da variedade dos tipos de biscoito, entre outros ganhos”.

E o que proporcionou essas melhorias?

“Através de conversas e de reuniões, e com o aumento da sensibilidade do governo municipal, nós tivemos um aumento da contrapartida municipal, então o aumento do recurso foi investido nessa parte da merenda escolar e com isso foi possível que a gente complementasse a verba que vem do governo federal”.