Caratinga em situação de ALERTA com ALTO RISCO de surtos localizados de arboviroses!

Caratinga em situação de ALERTA com ALTO RISCO de surtos localizados de arboviroses!

Publicado por Pablo Gonçalves, 11/01/2019
Compartilhe esta notícia

O Resultado do 1º Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 07 e 09 de janeiro/2019 apresentou Índice Médio de Infestação Predial (IIP) de 5,4%, o que coloca o Município de Caratinga em SITUAÇÃO DE ALERTA com ALTO RISCO para ocorrência de surtos localizados de Arboviroses, com risco de Epidemias para doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

O aumento do Índice de Infestação por Aedes aegypti neste período do ano tem uma relação direta com as chuvas e ao calor que criam condições favoráveis para proliferação e dispersão do Vetor, somado isto ao aumento considerável da ofertas de criadouros neste período.

Apesar de todos os esforços e recursos desprendidos pelo Poder Público para o efetivo controle do Aedes aegypti, o descaso de uma pequena parcela da população tem contribuído de forma negativa para a manutenção do alto índice de infestação do mosquito em nosso Município, principalmente no período de alta transmissão das Arboviroses.

Somados às ações de Rotina de Controle do Vetor, as quais são realizadas diariamente pelos Agentes de Combate às Endemias, que consiste no Tratamento Químico dos possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti e a remoção de materiais inservíveis propícios a proliferação e dispersão do Vetor, o Departamento de Vigilância Epidemiológica estará intensificando as atividades durante o período de alta transmissão das Arboviroses, buscando reduzir o índice de infestação a níveis satisfatórios, buscando ainda sensibilizar a população da necessidade da participação na eliminação dos possíveis criadouros do Vetor em suas residências.
.
Para que as ações desenvolvidas pela Seção de Controle de Endemias sejam efetivamente eficientes é imprescindível que haja o envolvimento de todo segmento da Sociedade, tendo o Comitê Municipal Permanente de Enfrentamento das Arboviroses a função de ligação entre o Poder Público e a Sociedade Organizada no desenvolvimento de ações educativas de forma contínua.